https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/959143Cabecalho10.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/937150Cabecalho1.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/501694Cabecalho12.jpglink

INVENIRE: Revista de Bens Culturais da Igreja

Nº 13 já disponível Investigação, Obras em destaque, Portfolio, Perfil, Projectos, Recensões, Livros

Inventário Online

Motor de busca para pesquisa conjunta dos inventários de Bens Culturais da Igreja disponíveis online, com sistema In Web.

Portal Cesareia

CESAREIA: conheça o portal e catálogo colectivo das bibliotecas eclesiais portuguesas, informação sobre as bibliotecas aderentes, horários, condições de acesso e notícias.   .

Os Mestres do Rei

mestres do rei netOS MESTRES DO REI

A Arte no Círculo da Corte

Seminário comemorativo sobre os 300 anos

do nascimentodo rei D. José (1714-2014)

6 de Junho de 2014 | Palácio Nacional de Mafra


Entre o culminar da época joanina e a génese das reformas pombalinas, a produção artística directamente relacionada com a figura do rei D. José - filiada no círculo da corte e, quantas vezes, diluída no tardo-barroco ou no pombalino - tem-se revelado, afinal, plena de inovação, labor e identidade própria. Tempo de reinterpretação de antigos modelos, herdeiro de um notável legado cultural e artístico, manifesta-se recheado de importantes contributos estéticos, fundamentais à implementação de um gosto ainda pouco expressivo em Portugal.
Esta corrente, que assenta na própria reconfiguração ideológica do tempo, atenuando a eloquência e grandiosidade do barroco, inova pela introdução de uma linguagem distinta, de linhas suaves e formas graciosas, no quadro de uma viragem estética que se encontra por estudar.
No ano em que se celebram 300 anos sobre o nascimento do rei D. José, o seminário Mestres do Rei: A arte no círculo da Corte, pretende autonomizar essa expressão da arte portuguesa de meados de Setecentos, discutindo a sua especificidade, o modo como se estabelece, desenvolve e dissemina. Marcando um ponto de situação problematizante sobre os principais artistas que, ao serviço do monarca, foram responsáveis pela sua materialização, visa ainda destacar o seu papel no processo de renovação das práticas artísticas nacionais.
Mafra, inspiração e cenário de tantas destas manifestações, constitui, pois, o local ideal para acolher este seminário.

 

 
PROGRAMA

 

09h00 Recepção e entrega de materiais

09h30 Abertura
Mário Pereira | PNM
Célia Batalha Fernandes | CMM
Maria de Lurdes Craveiro| IHA-FLUC / CEAACP

 

10h00 Fortuna crítica do 'classicismo gracioso' - ou se o Terramoto não tivesse existido. A arte de corte de D. José I
António Filipe Pimentel | MNAA / IHA-FLUC / CEAACP

 

CULTURA ARQUITECTÓNICA

Moderação: Sandra Costa Saldanha

10h30 Carlos Mardel: das heranças joaninas à reinvenção josefina
José Manuel Tedim | UPT / CEAACP

11h00 Sicinio Galli Bibiena e Giacomo Azzolini: contributos teatrais e cenográficos para a corte portuguesa de Setecentos
Aline Hall de Beuvink | CIAUD – FAUL / ADPLx

11h30 Café

Moderação: José Manuel Tedim

12h00 Manuel Caetano de Sousa: os livros do jovem arquitecto (1769)
Fernanda Maria Campos | BNP

12h30 O arquitecto Mateus Vicente de Oliveira e a sua obra em Mafra: o início e a originalidade do seu traço arquitectónico na sacristia da basílica
Mónica Queiroz | DPCC/CML

13h00 Almoço livre

A CONSTRUÇÃO DE UMA IDENTIDADE

Moderação: Paulo Almeida Fernandes

15h00 A Imagem do Rei: representação e poder na iconografia josefina
Nuno Saldanha | IADE-U

15h30 Alessandro Giusti e Joaquim Machado de Castro: expressões de um estilo
Sandra Costa Saldanha | SNBCI / CEAACP

16h00 Joaquim Carneiro da Silva: um elo esquecido
Miguel Faria | UAL

16h30 Café

Moderação: Maria de Lurdes Craveiro

17h00 Expressões e consumos artísticos: a encomenda e o uso do azulejo em Portugal no reinado de D. José I
Alexandra Gago da Câmara | UAb / CHAIA-EU

17h30 David Perez napolitano: arquimúsico do Fidelíssimo Rei Lusitano
Cristina Fernandes | INET-MD, FCSH-UNL

18h00 Encerramento e conclusões
Sandra Costa Saldanha | SNBCI / CEAACP
Paulo Almeida Fernandes | CMM / CEAACP

18h30 Apresentação do projecto "Portugal: Caminhos da Fé"
20h00 Jantar: Toca da Raposa (mediante inscrição prévia)

 

Descarregar programa PDF

 

INSCRIÇÕES

Inscrição gratuita, mediante inscrição prévia, através

do preenchimento do seguinte FORMULÁRIO

INFORMAÇÕES

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

Organização
Câmara Municipal de Mafra
Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património / Universidade de Coimbra
Instituto de História da Arte / Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
Palácio Nacional de Mafra / Direcção Geral do Património Cultural
Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja / Conferência Episcopal Portuguesa

 

Comissão científica
António Filipe Pimentel
José Manuel Tedim
Maria de Lurdes Craveiro
Nuno Saldanha
Sandra Costa Saldanha

 

Coordenação geral
Paulo Almeida Fernandes
Sandra Costa Saldanha

 

Secretariado
Ana Margarida Vaz
Maria do Carmo Almeida
Rui Almeida
Vítor Costa

 

 

 

 

OS MESTRES DO REI

A Arte no Círculo da Corte

 

Seminário comemorativo sobre os 300 anos do nascimento do rei D. José (1714-2014)

6 de Junho de 2014 | Palácio Nacional de Mafra

 

Organização

Câmara Municipal de Mafra

Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património / Universidade de Coimbra

Instituto de História da Arte / Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Palácio Nacional de Mafra / Direcção Geral do Património Cultural

Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja / Conferência Episcopal Portuguesa

 

Coordenação geral

Paulo Almeida Fernandes

Sandra Costa Saldanha

 

Comissão científica

António Filipe Pimentel

José Manuel Tedim

Maria de Lurdes Craveiro

Nuno Saldanha

Sandra Costa Saldanha

 

Secretariado

Ana Margarida Vaz

Maria do Carmo Almeida

Rui Almeida

Vítor Costa

 

Apresentação

Entre o culminar da época joanina e a génese das reformas pombalinas, a produção artística directamente relacionada com a figura do rei D. José - filiada no círculo da corte e, quantas vezes, diluída no tardo-barroco ou no pombalino - tem-se revelado, afinal, plena de inovação, labor e identidade própria. Tempo de reinterpretação de antigos modelos, herdeiro de um notável legado cultural e artístico, manifesta-se recheado de importantes contributos estéticos, fundamentais à implementação de um gosto ainda pouco expressivo em Portugal.

Esta corrente, que assenta na própria reconfiguração ideológica do tempo, atenuando a eloquência e grandiosidade do barroco, inova pela introdução de uma linguagem distinta, de linhas suaves e formas graciosas, no quadro de uma viragem estética que se encontra por estudar.

No ano em que se celebram 300 anos sobre o nascimento do rei D. José, o seminário Mestres do Rei: A arte no círculo da Corte, pretende autonomizar essa expressão da arte portuguesa de meados de Setecentos, discutindo a sua especificidade, o modo como se estabelece, desenvolve e dissemina. Marcando um ponto de situação problematizante sobre os principais artistas que, ao serviço do monarca, foram responsáveis pela sua materialização, visa ainda destacar o seu papel no processo de renovação das práticas artísticas nacionais.

Mafra, inspiração e cenário de tantas destas manifestações, constitui, pois, o local ideal para acolher este seminário.

 


 

PROGRAMA

 

09h00

Recepção e entrega de materiais

09h30

Abertura

Mário Pereira | PNM

Célia Batalha Fernandes | CMM

Maria de Lurdes Craveiro| IHA-FLUC / CEAACP

 

 

10h00

Fortuna crítica do 'classicismo gracioso' - ou se o Terramoto não tivesse existido. A arte de corte de D. José I

António Filipe Pimentel | MNAA / IHA-FLUC / CEAACP

 

CULTURA ARQUITECTÓNICA

Moderação: Sandra Costa Saldanha

10h30

Carlos Mardel: das heranças joaninas à reinvenção josefina

José Manuel Tedim | UPT / CEAACP

11h00

Sicinio Galli Bibiena e Giacomo Azzolini: contributos teatrais e cenográficos para a corte portuguesa de Setecentos

Aline Hall de Beuvink | CIAUD – FAUL / ADPLx

 

11h30 Café

Moderação: José Manuel Tedim

12h00

Manuel Caetano de Sousa: os livros do jovem arquitecto (1769)

Fernanda Maria Campos | BNP

12h30

O arquitecto Mateus Vicente de Oliveira e a sua obra em Mafra: o início e a originalidade do seu traço arquitectónico na sacristia da basílica

Mónica Queiroz | AHCML

 

13h00 Almoço livre

 

 

A CONSTRUÇÃO DE UMA IDENTIDADE

Moderação: Paulo Almeida Fernandes

15h00

A Imagem do Rei: representação e poder na iconografia josefina

Nuno Saldanha | IADE-U

15h30

Alessandro Giusti e Joaquim Machado de Castro: expressões de um estilo

Sandra Costa Saldanha | SNBCI / CEAACP

16h00

Joaquim Carneiro da Silva: um elo esquecido

Miguel Faria | UAL

 

16h30 Café

Moderação: Maria de Lurdes Craveiro

17h00

Expressões e consumos artísticos: a encomenda e o uso do azulejo em Portugal no reinado de D. José I

Alexandra Gago da Câmara | UAb / CHAIA-EU

17h30

David Perez napolitano: arquimúsico do Fidelíssimo Rei Lusitano

Cristina Fernandes | INET-MD, FCSH-UNL

 

 

18h00

Encerramento e conclusões

Sandra Costa Saldanha | SNBCI / CEAACP

Paulo Almeida Fernandes | CMM / CEAACP

 

18h30

 

Apresentação do projecto “Portugal: Caminhos da Fé”

20h00

Jantar: Toca da Raposa (mediante inscrição prévia)

 

© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados