https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/959143Cabecalho10.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/937150Cabecalho1.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/501694Cabecalho12.jpglink

INVENIRE: Revista de Bens Culturais da Igreja

Nº 13 já disponível Investigação, Obras em destaque, Portfolio, Perfil, Projectos, Recensões, Livros

Inventário Online

Motor de busca para pesquisa conjunta dos inventários de Bens Culturais da Igreja disponíveis online, com sistema In Web.

Portal Cesareia

CESAREIA: conheça o portal e catálogo colectivo das bibliotecas eclesiais portuguesas, informação sobre as bibliotecas aderentes, horários, condições de acesso e notícias.   .

Critérios e Práticas de Conservação Preventiva

consprev2016 cartazlwPATRIMÓNIO ARTÍSTICO DA IGREJA
CRITÉRIOS E PRÁTICAS DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA

ACÇÕES DE FORMAÇÃO 2016

Domínio de actuação que se debate com problemas de diversas ordens, parte da degradação causada no património artístico das igrejas é ainda, frequentemente, motivada pela ausência de acompanhamento técnico adequado, mas também pelo desconhecimento de procedimentos básicos de manutenção.
Conscientes de que cabe aos seus mais directos responsáveis o encargo de proteger este património, o Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja promove ao longo do ano de 2016, em parceria com os respectivos serviços diocesanos, cinco Acções de Formação na área da Conservação Preventiva.
Incidindo em algumas das matérias mais carenciadas do património eclesiástico - através da análise de casos práticos e com uma linguagem acessível, destinada a um público não profissional - a iniciativa pretende fornecer instruções básicas de diagnóstico e manutenção, mas também recomendações de fácil concretização e princípios básicos de conservação, passíveis de serem implementados nas rotinas quotidianas das igrejas.

 

Objectivos
▪ Identificar os principais factores de risco e degradação dos Bens Culturais da Igreja.
▪ Conhecer o conjunto de procedimentos e práticas de conservação preventiva, aconselháveis à correcta manutenção do património das igrejas.
▪ Incentivar a implementação de planos de salvaguarda e prevenção.
▪ Favorecer a consolidação de uma cultura de protecção do património cultural da Igreja junto das comunidades.

Destinatários
Acção de formação prioritariamente vocacionada para todos quantos se encontram em contacto permanente com o património artístico das igrejas, coordenando ou assegurando a sua manutenção (párocos, sacristães, zeladores, vigilantes, auxiliares, voluntários, membros de irmandades ou de comissões fabriqueiras), destina-se também a responsáveis, técnicos e colaboradores com funções nas diversas áreas dos Bens Culturais da Igreja, nomeadamente, nos domínios da museologia e do inventário, bem como a todos aqueles que pretendam obter formação especializada neste domínio.

 

Calendário

Bragança 10 Março Centro de Conservação e Restauro, Sendim  Ver fotos 
Beja 28 Abril Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres - NOVO LOCAL
 Ver fotos 
Lisboa 07 Maio Centro de Espiritualidade, Turcifal  Ver fotos 
Angra 24 Outubro Centro Pio XII, Ponta Delgada (São Miguel)  Ver fotos  
Porto 01 Dezembro Casa Diocesana de Vilar, Porto  

 

ABERTURA 10h00
D. José Cordeiro, Bispo de Bragança-Miranda (10 Março)
D. João Marcos, Bispo Coadjutor de Beja (28 Abril)
D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa (7 Maio)
D. João Lavrador, Bispo de Angra (24 Outubro)
D. Pio Alves, Bispo Auxiliar do Porto (1 Dezembro)

APRESENTAÇÃO 10h10
Sandra Costa Saldanha, Directora do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja

 

GESTÃO DOS BENS CULTURAIS NA DIOCESE 10h20
P. António Ferreira Pires, Presidente da Comissão Diocesana de Arte Sacra da Diocese de Bragança-Miranda (10 Março)
José António Falcão, Director do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja (28 Abril)
P. António Pedro Boto, Coordenador do Serviço de Inventário do Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa (7 Maio)
João Paulo Constância, Presidente da Comissão dos Bens Culturais da Igreja da Diocese de Angra (24 Outubro)
P. Manuel Amorim, Departamento dos Bens Culturais da Diocese do Porto (1 Dezembro)

CUIDADOS BÁSICOS DE CONSERVAÇÃO 10h45
Lília Pereira da Silva, Centro de Conservação e Restauro da Diocese de Bragança-Miranda (10 Março)
Sara Fonseca, Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja (28 Abril)
Sílvia Cópio, Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa (7 Maio)
Ana Fernandes, Comissão dos Bens Culturais da Igreja da Diocese de Angra (24 Outubro)
Eliana Calado, Departamento dos Bens Culturais da Diocese do Porto (1 Dezembro)

CUIDADOS BÁSICOS DE SEGURANÇA 11h15
TERESA ESTEVES Inspectora da Polícia Judiciária

11h45 Pausa


PINTURA 12h00
JOAQUIM INÁCIO CAETANO Conservador-restaurador

12h45 Debate e esclarecimentos
13h00 Almoço


ESCULTURA E IMAGINÁRIA 14h30
LAURA PORTUGAL ROMÃO Conservadora-restauradora

TALHA E MOBILIÁRIO 15h15
CARLOS COSTA Conservador-restaurador

16h00 Debate e esclarecimentos
16h15 Pausa

TÊXTEIS E PARAMENTARIA 16h30
MANUELA PINTO DA COSTA Conservadora e museóloga


OURIVESARIA E METAIS 17h15
EDUARDA VIEIRA Docente universitária

18h00 Debate e esclarecimentos

 

Organização
Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja
Comissão Diocesana de Arte Sacra da Diocese de Bragança-Miranda
Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja
Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa
Comissão dos Bens Culturais da Igreja da Diocese de Angra
Departamento dos Bens Culturais da Diocese do Porto

 

Inscrições
Os interessados deverão inscrever-se através do respectivo formulário disponível.

Instituições eclesiais* Gratuito [*Colaboradores ou funcionários de dioceses, paróquias e outras instituições eclesiais]
Outros participantes   10€

 

consprev2016 banner inscri consprev2016 banner cartaz consprev2016 banner programa consprev2016 banner formadores
 

 

 

© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados