https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/959143Cabecalho10.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/937150Cabecalho1.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/501694Cabecalho12.jpglink

INVENIRE: Revista de Bens Culturais da Igreja

Nº 13 já disponível Investigação, Obras em destaque, Portfolio, Perfil, Projectos, Recensões, Livros

Inventário Online

Motor de busca para pesquisa conjunta dos inventários de Bens Culturais da Igreja disponíveis online, com sistema In Web.

Portal Cesareia

CESAREIA: conheça o portal e catálogo colectivo das bibliotecas eclesiais portuguesas, informação sobre as bibliotecas aderentes, horários, condições de acesso e notícias.   .

Info: O seu browser não aceita cookies. Para colocar produtos no seu carrinho e compra-los você precisa ativar cookies.


TERESA SALGUEIRO: CÂNTICOS DA TARDE E DA MANHÃ

Preço por unidade (unidade): € 5,00 (Incluindo 23 % IVA)

Pedir informações sobre este produto

Intérpretes: Teresa Salgueiro (voz) / Carisa Marcelino (acordeão de concerto) / Óscar Torres (contrabaixo) / Participação especial de seminaristas de Almada
Almada: Seminário de S. Paulo de Almada, 2013

«Os dois grandes tempos diários de oração da Igreja católica – Laudes, pela manhã e Vésperas, à tarde - iniciam-se com hinos, que neste disco são denominados "cânticos". Trata-se de textos poéticos que a liturgia universaliza, enquanto que as melodias são assinadas por reputados compositores de música sacra.

Parte dos poemas de Laudes e Vésperas foram adotados em todo o mundo, embora tenham sido traduzidos e adaptados em cada país, enquanto que outros são originários de escritores nacionais, cruzamento presente neste CD, que inclui poetas da grande tradição cristã universal e autores maiores de várias épocas da literatura portuguesa.»

(Pe. Rodrigo Mendes, Vice-Reitor do Seminário de Almada)

 

1. Prelúdio

2. A vós, ó Verbo eterno, luz bendita (Manuel de Jesus Ferreira - séc. XX)

3. Vão-se as sombras da noite dissipando (versão do hino em latim Ecce iam noctis tenuatur umbra - séc. VII-VIII)

4. Vós, Senhor, que a luz criastes (versão do hino em latim Lucis creator optime, de autor anónimo)

5. Eterno Criador do universo (versão de David Mourão-Ferreira do hino em latim Aeterne rerum conditor, de Santo Ambrósio - séc. IV)

6. Fonte de luz, ó Deus, sumo esplendor (versão do hino em latim Luminis, lux et origo lucis, de Alcuíno - séc. VIII)

7. Desponta a aurora no céu (versão brasileira do hino em latim Aurora iam spargit polum)

8. Ó luz da eterna formosura (António Correia de Oliveira)

9. Ó noite, trevas e nuvens (versão do hino em latim Nox et tenebrae et nubila, de Aurélio Prudêncio - séc. IV)

10. Lentamente o sol se apaga (versão do hino em latim Sol, ecce, lentus occidens, de autor anónimo - séc. XX)

11. Com o sol que se levanta (versão do hino em latim Iam lucis orto sidere, de Santo Ambrósio - séc. IV)

12. Deus que fizestes o dia (versão do hino em latim Deus qui claro lumine - sécs. VII-VIII)

13. Ó Deus autor da luz (versão do hino em latim Deus qui coeli lumen est - sécs. VI-VII)

14. Vimos ao cair da noite (A. Moreira das Neves - séc. XX)

15. Deus fez brilhar em nós a sua luz (Autor anónimo)

16. Luz esplendente da santa glória (hino primitivo da Igreja Grega e hino de S. Gregório de Nazianzo - séc. IV)

17. Que salmos ou que versos cantaremos (Diogo Bernardes - séc. XVI)

18. Morada eterna do Altíssimo (João Mendes - séc. XX)







Publicações Relacionadas

€ 5,00


€ 5,00


€ 5,00


€ 5,00




© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados