https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/959143Cabecalho10.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/937150Cabecalho1.jpglink
https://www.bensculturais.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/501694Cabecalho12.jpglink

INVENIRE: Revista de Bens Culturais da Igreja

Investigação, Obras em destaque, Portfolio, Perfil, Projectos, Recensões, Livros

Inventário Online

Motor de busca para pesquisa conjunta dos inventários de Bens Culturais da Igreja disponíveis online, com sistema In Web

Portal Cesareia

CESAREIA: conheça o portal e catálogo colectivo das bibliotecas eclesiais portuguesas, informação sobre as bibliotecas aderentes, horários, condições de acesso e notícias

Info: O seu browser não aceita cookies. Para colocar produtos no seu carrinho e compra-los você precisa ativar cookies.


SETTE SAGGI SULL’ARCHITETTURA RELIGIOSA CONTEMPORANEA

Preço por unidade (unidade): € 40,00 (Incluindo 6 % IVA)

Pedir informações sobre este produto

Autor: José Manuel Pereira Ribeiro Gomes.
Fátima: Secretariado Nacional de Liturgia, 2020.
Desc. Física: Capa dura. 384 p.; 22,5 cm.
ISBN 978-989-8877-75-8

 

Edição em língua italiana

Sob o subtítulo «Manual de Arquitectura Eclesial Católica», esta obra funda-se na já longa experiência e aprofundada reflexão do Autor, presbítero da Diocese de Bragança-Miranda e membro da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, da Santa Sé. Nele se estabelece um diálogo aprofundado entre Liturgia e Arquitectura, de modo corresponder às necessidades das comunidades cristãs, na vivência da sua fé. Aqui se cruza a abordagem especulativa das questões teológicas e antropológicas, bem como da estética e das artes, com a sistematização das questões mais práticas e pragmáticas que o espaço de culto suscita. Conta com apresentação do Pe. Silvano M. Maggiani (1946-2020), frade da ordem dos Servos de Maria e prestigiado teólogo e liturgista 

 

«Il carattere di manuale richiede che il lettore sia presente, che esprima un self-control con-centrando-si sul testo, su ciò che apprende. Tuttavia il lettore del manuale non può essere autoreferenziale “io e solo la mia lettura, il mio studio fermo in sé stesso”.

Per sua natura un manuale è opera aperta che chiede confronti, pone interrogativi. Esso non può tutto dire, ma può essere di apertura all’approfondimento. Si basa su un paradigma dinamico: ricordare-conoscere-trasmettere.

I sette saggi del manuale sono motivo di speranza. Danno a pensare e indicano che un linguaggio comune e diversificato liturgico sta maturando. Mentre si sta considerando seriamente la traditio segnata da forme artistiche di ogni epoca, si considera seriamente l’arte del nostro tempo e di tutti i popoli e paesi come ricorda Sacrosanctum Concilium, 122: preziosa la documentazione reperibile nel manuale.» (Silvano M. Maggiani, osm)







Publicações Relacionadas

€ 10,00


€ 3,50


€ 8,00


€ 2,00




© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados